Flor da Vida

O Casulo e a Borboleta

Na semana de 22 a 27 de junho de 2014, aconteceu o primeiro momento de intercâmbio entre o Mototóti e o Barracão Teatro, em Campinas. Ésio Magalhães orientando nosso trabalho com o palhaço. No segundo dia, uma borboleta nasceu, de um casulo que estava na porta de entrada do barracão. Ficamos bem emocionados com o simbolismo desse nascimento! E felizes!

 

 

 

Intercâmbio com Palhaços Gaúchos

 

Confira aqui como foram os intercâmbios, durante o processo de montagem do espetáculo Flor da Vida, com diversos grupos e/ou artistas que trabalham com a arte do palhaço, em diversas cidades gaúchas. Diário de encontros, fotos, vídeos e outras coisinhas interessantes.

Origem do nome do espetáculo

 

Flor da Vida 

é o nome dado a uma figura geométrica formada por vários círculos sobrepostos, formando um padrão de flor, de simetria sêxtupla, como um hexágono. O centro de cada círculo é a circunferência de seis círculos em torno do mesmo diâmetro, representando as formas fundamentais de espaço e tempo.Nesse sentido é uma expressão visual da vida, tecendo ligações entre todos os seres, carregando em si informações básicas de todas as coisas vivas. O nome escolhido para este trabalho, remete à geografia sagrada contida na Flor da Vida. Este símbolo, presente em muitos sistemas de crenças, é conhecido desde a mais remota antiguidade. Acredita-se que cada molécula de vida, cada célula em nosso corpo conhece este padrão: ele é o padrão da criação e da vida em todo lugar e representa de forma plena o sentido deste trabalho na história do Teatro Mototóti. A história da ligação afetiva dos atores entre si, e, uma vez juntos, com o teatro, é uma teia construída a partir de cada passo dado. Absolutamente todos os passos e escolhas interferem diretamente no desenho de uma história. Então não poderíamos ter encontrado uma simbologia melhor para acolher nosso novo trabalho: A Flor da Vida.

mototóti

emailteatro@motototi.com.br email(51) 98124.9648 - 99764.3331

Porto Alegre - RS / Brasil